jusbrasil.com.br
22 de Outubro de 2018
    Adicione tópicos

    Corpo de Bombeiros implanta serviço de Moto Resgate

    Governo do Estado do Pernambuco
    há 10 anos

    O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Casa Nova, implantou nesta segunda-feira (10), no Grupamento de Bombeiros de Atendimento Pré-Hospitalar (GBAPH), localizado no Varadouro, em Olinda, o serviço especial de moto-regate. A partir de agora, o serviço de emergência da Capital e RMR, que representa 50% das chamadas feitas pelo 193, contará com oito motos que reduzirão o tempo resposta no atendimento às vítimas.

    Os acidentes acontecem todos os dias nas ruas da cidade, principalmente nos horários de pico, momento em que o trânsito é intenso e nem sempre é fácil o acesso ao local. De moto e em dupla, será possível chegar no acidente mais rapidamente, agilizar os primeiros socorros e estabilizar o quadro da vítima até a chegada da viatura que a conduzirá para um hospital. Tudo isso, foi mostrado em um simulado realizado na Praça do Carmo.

    Esse tipo de serviço é realizado com sucesso em São Paulo há oito anos e foi lá que o Tenente Beltrão fez o curso de Condução de Motocicleta em Condição de Emergência, trazendo toda a experiência para Pernambuco. Vamos trabalhar em cima do que o sistema tem de melhor e adequar a realidade de nossa cidade, diz o oficial que capacitou nove socorristas.

    As motos são equipadas com todos os materiais necessários à prestação dos primeiros socorros como, por exemplo, colar cervical, ataduras, gases, talas para imobilização, desfibrilador entre outros. Em cada moto haverá também um extintor para que o socorrista possa atuar caso haja princípio de incêndio em veículos envolvidos em acidentes.

    Além da Região Metropolitana, também estão sendo contempladas com o novo serviço as cidades de Caruaru, no Agreste, e Petrolina, no Sertão, com duas motos-resgate cada. Até o final do mês, o CBMPE receberá 14 novas viaturas de resgate, o que vai otimizar ainda mais o serviço de atendimento pré-hospitlar no Estado.

    "É o início de um projeto que contempla ainda um helicóptero que dever chegar até novembro do próximo ano, diz o coronel Casa Nova. O serviço e, também, um investimento do Governo do Estado, através do Pacto pela Vida, que visa concluir o novo sistema até 2010. O que nós queremos é implantar esse serviço em 25 cidades, adiquirir 40 novas motos e 50 ambulâncias, conclui o comandante.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)